Loading...

UM ANIVERSÁRIO E O PRIMEIRO ENCONTRO ENTRE OS 3 GRUPOS DE LEIGOS E LEIGAS QUE SE REUNEM COM AS IRMÃS AUXILIARES DO SACERDÓCIO:

Tijuquinha (Aracaju,Sergipe) Salvador da Bahia e Valença( Bahia) que nos acolheu:

 Nos dias 8 e 9 de outubro de 2016, os 3 grupos de Leigos se encontraram para festejar os 90 anos da Congregação.

img-20161009-wa0036-2Elenice, do grupo de Leigas de Salvador conta o que aconteceu:

“Nos dias 8 e 9 de outubro de 2016, nós fomos (27) a Valença participar da comemoração dos 90 anos das irmãs Auxiliares do Sacerdócio. Ao chegarmos lá, fomos muito bem recebidas e ficamos hospedadas em casas acolhedoras.

Em seguida, às 17horas, nos encontramos em uma pequena paróquia muito aconchegante onde louvamos e cantamos, com dire20161008_180021ito às dinâmicas com jovens muito animados. Neste lugar, já estavam o grupo de Aracaju, os moradores de Valença e as irmãs que lá residem. Logo depois, às 18horas nos reunimos em uma grande roda na praça e seguimos em procissão pelas ruas de Valença.

Em cada rua, uma apresentação em homenagem às irmãs. Ao chegarmos próximo da igreja matriz onde seria celebrada a missa, foi feita a homenagem final às irmãs e 20161008_183021foi muito emocionante.

Chegando à igreja, as homenagens continuaram com a celebração que foi presidida pelo bispo emérito Dom João. Estando presentes os moradores, os músicos, os três grupos e os padres locais.

Na entrada, houve uma processão com as Irmãs e os Leigos/as da Família AS seguidos pelos Sacerdotes e o Bispo. Depois foi a chegada da Palavra com uma mantra cantada por irmã Anne; A hora do ofertório e o evangelho cantado me impressionou muito, 20161008_194423fiquei emocionada e acredito que todos que estavam ali também se emocionaram, porque naquele momento, tivemos a certeza do nosso compromisso com Deus e com o próximo, e tenho certeza que o Espírito Santo tocou no mais íntimo de cada um de nós.

Com esse encontro, enriquecemos os nossos conhecimentos sobre as missões das irmãs Auxiliares do Sacerdócio. No final do dia partilhamos o bolo da festa com todos os paroquianos presentes.

No domingo, começamos o dia com um encontro dos três grupos onde fomos img-20161009-wa0018apresentados um a um de cada grupo, divulgando as suas características e dedicações paroquiais com uma apresentação de cartazes e com dinâmicas para relaxamento. Tivemos também reunião em grupos de cinco ou para discutirmos os assuntos até ali vividos.

img-20161009-wa0031

Depois lanchamos e fomos para igreja para a celebração da missa com o padre Bruno (Irmão de Taizé). Começamos com Aurelina cantando e a leitura foi feita por uma criança. Foi emocionante!

Fomos ungidos com o óleo santo para renovarmos o nosso batismo e recebemos um livro onde é contada a história da img-20161009-wa0078fundação das irmãs Auxiliares do Sacerdócio, sem contar que na noite anterior os jovens fizeram a representação contando um pouco desta história.

Enfim, chegamos ao final das comemorações com fotos, todos juntos e felizes com um grande almoço onde tudo estava muito bom. Bom por quê? Porque foi tudo feito com muito amor e carinho pelas cozinheiras que se doaram para nos proporcionar esse final feliz para o encontro.

Sendo assim, só temos a agradecer a Deus e as irmãs por estarmos fazendo parte desse grupo”.

Robson de Tijuquinha conta como começou o grupo que chegou a Valença com 20 pessoas depois uma longa viagem.

“Podemos afirmar que o Grupo de Amigas e Amigos das Auxiliares do Sacerdócio do Tijuquinha começou assim que as Irmãs chegaram à nossa comunidade e lançaram as primeiras sementes, cujas podemos compará-las com atos de autêntico amor fraterno. Foram cerca de oito anos que essa vivência fraternal pôde consolidar em nossos corações o desejo de crescer numa só fé em um mútuo propósito, mas, eis que chegou o momento da 20161008_061030‘colheita’ ; e por um pretexto maior houve a necessidade de fechar a casa das Irmãs em nossa comunidade, todavia a dor da partida trouxe-nos a veracidade de um princípio de uma nova missão; vimos a precisão de prosseguir a difundir mais sementes.

Durante esses anos de permanência na nossa comunidade, as Irmãs Auxiliares foram queridas e amadas por todas as pessoas, tanto que muitos se aproximavam delas sem menos esperar, cada vez mais foram criando-se laços de amizades identificando-se com o carisma e a espiritualidade da Congregação.

Mas, foi no mês de Dezembro de 2015 que nos reunimos pela primeira vez e desta maneira fora lançada a proposta de participarmos do Grupo de Amigos e Amigas das Auxiliares, porém o que mais nos motivou não foi apenas formar o Grupo e, sim, dar seguimento à missão que fora assegurada às irmãs, abraçando firmemente a sua espiritualidade. Esse é a nossa maior finalidade. Queremos assegurar que toda e qualquer motivação tem sua origem e foi a partir d20160829_214709estas simplicidades que surgiu o maior incentivo; a Irmã Marie Jô com seus passos firmes e confiantes vem nos acompanhando desde o princípio, evidentemente em comunhão com toda a Congregação.

Continuamos a caminhar e nos reunimos mensalmente nas casas dos membros, partilhamos a Palavra, o pão e abraçamos a causa dos irmãos, cada um com seu carisma apresenta uma vivência comunitária, comprometendo sempre vincular nossa missão com a vida paroquial, comungando do mesmo pão”.

Enfim, deixamos a palavra a Shirley, uma participante do grupo de Valença, que participou do acolhimento dos amigos de Tijuquinha e Salvador. 20161008_190209-2-copia

“Eu agradeço a Deus pela oportunidade de ter podido vivenciar momentos tão marcantes, nas nossas vidas e da comunidade. Com certeza o que vivemos nesses dois dias com as Irmãs foi inesquecível, desde o início das festividades, quando relembramos a Inspiração de Marie Magdeleine, por uma nova Obra na Igreja.

Depois, a presença dos amigos das Irmãs, vindos de Salvador e Tijuquinha-Sergipe, juntando-se  a nós de Valença! Pude sentir a presença de Deus  em cada um deles, que deixaram sua cidade, suas famílias para integrar a grande família das Irmãs Auxiliares do Sacerdócio.  

Hoje fazem parte de minhas lembranças, momentos que arrumei minha casa, que coloquei minhas orquídeas orquidea-shirleypara receber os amigos que viriam para minha família, cada um passando para as casas na comunidade levando suas bagagens, daqui a pouco mais outro e assim sucessivamente…

No final da tarde, fomos andando para a Vila, local esse, de grande importância para todos nós, pois foi ali que tudo começou, a comunidade que acolheu com muito amor as Irmãs no ano 2000.

Como esquecer os momentos vividos nas Celebrações Eucarísticas, rodeadas de tanta simplicidade e muita espiritualidade, com presença marcante dos Padres e do Bispo Emérito de Amargosa, e de grandes amigos, estavam todos muito felizes.

Como esquecer aqueles momentos vividos quando nos encontramos com os outros amigos para conversarmos sobre tudo que já vivenciamos com as Irmãs durante esse tempo, que elas estiveram em nossas comunidades. Ali pude descobrir ainda mais, a importância que vocês têm por onde passam, relatos de mudanças de vida, pessoas que aprenderam a amar Jesus Cristo através de visitas feitas por vocês. Em tudo tem um pouco de vocês nas nossas comunidades. Enfim vocês são muito importantes para todos nós.

Que Deus, na sua infinita bondade, possa abençoar todas vocês, por essa missão tão linda, na qual não existem barreiras que vocês não possam transpor!! Só nos resta agradecer, agradecer e agradecer…

Um grande abraço cheio de gratidão, de todos nós os Valencianos que amamos todas vocês!”

Este encontro teve realmente um gosto de alegria, simplicidade e generosidade. Vamos continuar o caminho…  

                                                                                                                        As  Irmãs Auxiliares do Sacerdócio